"Não quero alguém que me de incertezas.
Até porque a incerta já sou eu.
Quero alguém que me ame,
que me aceite, que me entenda.
Que entre quatro paredes me enlouqueça.
Que me faça voar e me fortaleça.
Que me dê a mão ainda que eu não mereça.
E que seja meu chão quando tudo pereça."

Fernanda Marques, di-versifica-r  (via sorriso-so-risos)

(Source: manuscrite, via degusta-me)

139 notes - 1 month ago - Reblog

"Preciso aprender a deixar ir, nem tudo fica, nem tudo vale a pena."

Renata Carneiro  (via desoriente-se)

(Source: percepcao, via myallstarazul)

28,153 notes - 7 months ago - Reblog

Quando você chega na parte do livro em que o titulo e a capa fazem sentido:

um-vampiro-rockeiro:

image

-ENTÃO ERA ISSO!

(Source: beliebersemi-deusa, via mean-walk)

38,049 notes - 9 months ago - Reblog

"Aí você solta aquele suspiro, que parece descarregar a alma."

Caio Fernando Abreu (via shiftts)

(Source: se-eu-pudesse, via subjetivada)

75,350 notes - 9 months ago - Reblog

"Alguma vez você já se perguntou se as pessoas gostariam mais ou menos de você se pudessem vê-la por dentro? Sempre me pergunto isso. Se pudessem me ver do jeito que eu me vejo, se pudessem viver nos meus pensamentos, será que alguém, qualquer pessoa, me amaria?"

O Teorema Katherine.   (via vocabularios)

(Source: allaxg, via vocabularios)

49,807 notes - 9 months ago - Reblog

(via verborragias)

54,915 notes - 9 months ago - Reblog
keepcalm-2013 Asked: Oi, eh vc na dash?

Oi (:

sou eu sim, porque? rs

0 notes - 9 months ago - Reblog

Ai a pessoa fica olhando feio para você::::::::::::::::::::::::::: O QUE FOI QUERIDO? MEU BRILHO TE INCOMODA? RECALQUE AQUI BATE EM MIM E VIRA TAPETE PARA EU DESFILAR, BJS DE LUZ.

(Source: a-tia-da-faxina, via dream-of-one-girl)

29,725 notes - 10 months ago - Reblog

(via dream-of-one-girl)

25,598 notes - 11 months ago - Reblog

"A gente finge que arruma o guarda-roupa, arruma o quarto, arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisa que não serve, porque ocupar espaço com coisas velhas não dá. As coisas novas querem entrar, tanta coisa bonita nas lojas por aí. Mas a gente nunca tira tudo. Sempre as esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que ainda serve. A gente sabe. Que tá curta, pequeno, apertado. É que a gente queria tanto. Tanto. Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perca de espaço, tempo, paciência e sentimento. Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. Deixa. Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça."

Caio Fernando Abreu.   (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

(Source: beocio, via paleologia)

33,558 notes - 1 year ago - Reblog